Mercado Motivação Oportunidades Primeiro Negócio

Conquiste investidores para sua startup

Redação Central
Escrito por Redação Central

Já pensou entrar num elevador e poder apresentar o seu negócio, em poucos segundos, para um investidor? Esse é o desafio que o Sebrae Minas lançou a empreendedores de startups: o Elevator Pitch. Nessa competição, sai na frente quem consegue, em 40 segundos, dentro de um elevador em movimento, convencer um investidor sobre o potencial do seu produto/serviço.

O desafio instigou tanto os empreendedores que acabou virando uma websérie, que pode ser acessada, gratuitamente, no site Inovação Sebrae Minas. Além da competição, o material serve de orientação para quem quer aprender a fazer um pitch.

Pitch vem do inglês e remete ao discurso de um vendedor, isto é, uma apresentação rápida que inicia uma conversa entre quem tem algo a vender e quem quer comprar ou investir. Pode ser em elevadores, pequenas salas ou mesmo em grandes espaços: o importante é que a informação seja repassada de forma clara e concisa, despertando a atenção da parte interessada.

“O objetivo é chamar a atenção do espectador, seja um investidor, cliente ou parceiro, para que em outro momento você possa apresentar o projeto ou negócio com mais tempo”, explica o consultor da Associação Wylinka, Paulo Mendonça, que coordena programas de desenvolvimento de startups e empresas de base tecnológica.

Há vários modelos de pitch que podem ser utilizados de acordo com a ocasião e o ouvinte. O que os diferencia dos discursos tradicionais é o tempo de apresentação, entre 1 e 5 minutos ou, no máximo, 15 minutos. A técnica não garante o fechamento de um negócio, ou a conquista de um investidor, mas é um primeiro passo. “Pode ser a porta de entrada do seu negócio para um potencial investidor, pois, se bem feito, demonstra maturidade tanto do empreendedor como do projeto”, diz Mendonça.

Qual seria, então, o segredo para fazer um bom pitch? Segundo o consultor da Wylinka, o conteúdo pode variar de acordo com o modelo de negócio, o estágio de desenvolvimento do projeto e o tempo disponível para a apresentação. “Cabe ao empreendedor monitorar o tempo disponível e apresentar conteúdos que fazem sentido naquele contexto.” Vale usar a criatividade e ousadia. Por isso, planeje sua apresentação e, depois de estruturá-la, treine muito. Não esqueça de procurar apoio. Aproveite as oportunidades disponíveis no seu ecossistema, empreendedores mais experientes, eventos de startups e no próprio Sebrae.

Sobre o autor

Redação Central

Redação Central

Central Empreendedor é um lugar para você descobrir, desde os primeiros passos, os caminhos para se tornar um verdadeiro empreendedor.

Aqui você tem acesso a matérias sobre motivação, inovação, oportunidades e tudo o que você precisa para crescer no seu negócio.

Comentários